×
Did you know you can save your preferences across all your digital devices and platforms simply by creating a profile? Would you like to get started?
Not right now
No, never ask again
  • ZURICH ARGENTINA SWING

    Alejandro Tosti vence em Termas de Río Hondo

    O argentino de 23 anos conseguiu neste domingo sua primeira vitória como profissional

  • O argentino Alejandro Tosti posa com o troféu de campeão no Termas de Río Hondo Invitational. Crédito: Enrique Berardi/PGA TOUR
    O argentino Alejandro Tosti posa com o troféu de campeão no Termas de Río Hondo Invitational. Crédito: Enrique Berardi/PGA TOUR
  • In This Article

    0
    COMMENTS
  • TERMAS DE RÍO HONDO, Argentina – Com uma excelente volta de 8 abaixo do par (64) e terminando quarenta minutos antes do pelotão, o argentino Alejandro Tosti ficou com o título da edição inaugural do Termas de Río Hondo Invitational, décimo terceiro evento da temporada 2019 do PGA TOUR Latinoamérica e terceira parada do Zurich Argentina Swing.

    O jogador de 23 anos totalizou 269 tacadas (-19), que o fez superar por uma tacada o espanhol Mario Beltrán, que neste domingo quebrou o recorde do campo com 11 abaixo do par (61), e o americano Justin Suh. O californiano somou seu segundo Top 5 em apenas duas apresentações no Tour.

    O colombiano Camilo Aguado, líder dos primeiros 54 buracos de jogo, terminou com uma volta de 2 abaixo do par (70) para finalmente empatar em quarto lugar do placar ao lado do americano Cameron Young (67), o canadense Blair Hamilton (62).

    Fecharam o Top 10 o número um da Ordem de Mérito, Augusto Núñez (69), ao lado do seu compatriota Clodomiro Carranza (67), o norueguês Andreas Halvorsen (68) e o americano Dalan Refioglu (70).

    “É uma honra ter ganho meu primeiro torneio como profissional da Argentina. Estou muito feliz porque tem sido um processo difícil para chegar até aqui. Sempre soube que tinha o necessário para ganhar neste Tour”, comentou Tosti, que com este título passou do 76º ao 17º lugar da Ordem de Mérito do PGA TOUR Latinoamérica.

    Tosti teve um grande começo com cinco birdies nos primeiros oito buracos o que o colocou na briga desta primeira edição do evento que foi disputado no Termas de Río Hondo Golf Club, desenho de Robert Trent Jones Jr.

    Com o birdie no buraco 12, o jogador nascido em Rosário assumiu a liderança mas mesmo assim sofreu para ganhar seu primeiro título como profissional. A partir dali fez mais birdies no 14 e no 16, mas errou no par 3 do 17 e pagou com bogey.

    Quando chegou no último buraco tinha que fazer birdie para superar o score do espanhol Beltrán, que já havia terminado com 18 abaixo do par, e ali mostrou todo seu talento e realizou uma grande tacada da banca do green que quase entrou no buraco, ficando dada para assumir a liderança na sede.

    “Quando cheguei no 18 e vi o placar sabia que tinha que fazer birdie. Por sorte bati uma boa tacada e apenas tive que empurrar a bola para o buraco. Foi um grande alívio, porque não me permitiu apenas ganhar meu primeiro torneio, mas também me deu confiança para o que vem pela frente”, comentou ele que na sua época foi o oitavo do Ranking Mundial Amador de Golfe.

    Até o Termas de Río Hondo Invitational, Tosti havia jogado oito eventos na temporada 2019 do Tour havia passado cinco cortes. Seu melhor resultado até hoje era um empate pelo 19º lugar no Abierto OSDE del Centro apresentado por FiberCorp-Telecom. 

    “Me concentrarei em terminar a temporada o melhor que eu puder. Tenho trabalhado muito com minha psicóloga e acho que os resultados estão vindo. Tem sido um ano de altos e baixos mas esse esporte é assim mesmo. Fico feliz em saber que terei meu cartão deste Tour em 2020”, disse Tosti, que se tornou o terceiro argentino seguido a vencer nesta temporada. Os outros dois foram Leandro Marelli e Augusto Núñez. 

    A Ordem de Mérito continua no comando de Núñez, agora com um total de US$108.966 dólares. O segundo, terceiro e quarto lugar não mudaram de mãos e continuam com os americano Evan Harmeling, John Somers e Tom Whitney. Agora, com um total de US$59.178, o americano Shad Tuten fecha o Top 5.

    O Termas de Río Hondo Invitational, evento que contou com um forte apoio do Governo de Santiago del Estero, reativou a corrida pelo Zurich Argentina Swing. A competição que agrupa os eventos que o PGA TOUR Latinoamérica disputa em território argentino será defina daqui duas semanas na 114ª edição do VISA Open de Argentina apresentado por Macro.

    Depois da sua terceira parada no Termas de Río Hondo, o americano Tom Whitney manteve a liderança. O campeão do Abierto OSDE del Centro agora está US$2.165 dólares da frente do argentino Alejandro Tosti. No final da competição, o jogador com melhor rendimento levará para casa um cheque de dez mil dólares entregue pela Zurich Argentina Swing.